Sentimentos: uma bomba relógio


Quantas são as vezes que ouvimos dizer:
"siga o seu coração"?

Quando agimos segundo os nosso coração, acabamos por colocar a "carroça à frente dos bois" e isso vai dar certo?

É claro que não!

Falo por experiência própria, eu sofri muitas vezes com a ansiedade em relação à minha vida sentimental, com o passar do tempo comecei a pensar que não iria ser feliz e por conta desse sentimento, me lancei num relacionamento onde não tinha nada para dar certo, mas... o coração dizia: "Vai, estás ficando com uma certa idade e depois não vais encontrar ninguém!"

Sim! O coração fala, os sentimentos falam.
E se não conseguirmos dominá-los, eles nos dominam e fazem da nossa vida uma marioneta, eles comandam os nossos passos e lá na frente quando a bomba relógio explodir, "O que eu fiz?", "Dei cabo da minha vida, olha o tempo que eu perdi?".

Em relação a esse relacionamento, comecei a ver coisas que não coincidiam com o que essa pessoa dizia, mas o meu coração dizia: "Ele vai mudar.", eu perdoava e de novo voltava tudo ao mesmo, fui escrava de um sentimento que com o passar do tempo me fazia afundar cada vez mais no abismo.

Até que me revoltei contra o sentimento, contra o meu coração.

Foi fácil? Não!

Seguir a razão, a consciência faz-nos ir contra nós mesmas, pois no fundo nós sabemos o que é o correcto e o que não é, e se seguirmos o que é certo sabemos que iremos ter que sacrificar as nossas vontades.

E uma delas para mim nesse momento foi terminar o relacionamento.

Doeu, porque eu gostava dele, mas que adianta gostar e não ser feliz?

Que adianta dizer eu estou namorando, mas lá no fundo não à alegria, não à respeito?

"A bênção do SENHOR enriquece, e, com ela, ele não traz desgosto."
(Provérbios 10.22)

Se seguir-mos a nossa razão, seguirmos o que Deus fala em Sua Palavra tudo o que almejamos vai dar certo.

Mas, se por teimosia seguir-mos o que no momento estamos sentindo ou ansiando, tudo o que era para dar certo irá dar errado e logo vem a frustração, a decepção e a tristeza invade o nosso ser ao ponto de nos envolvermos em lamentações e murmurações, que não nos leva a lado nenhum!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bifes de Porco com Bacon

Pasta de Delícias do Mar